Banner Página Núcleo de Psicopedagogia

DICAS DO NÚCLEO DE PSICOPEDAGOGIA

ACUMULOU TRABALHOS E PROVAS? E AGORA?

Notícia disponibilizada no Portal www.cmconsultoria.com.br às 08:07 hs. 20/05/2013 - Saiba como agir quando há pouco tempo e muitas tarefas e leituras pendentes.
Jônatas Dias Lima
-> A maioria dos estudantes sabe que o modo mais eficaz para garantir boas notas e assimilar bem os conteúdos é uma rotina de estudos diária, sem acúmulo de trabalhos ou leituras.
Mesmo assim, o excesso de compromissos ou a simples falta de organização fazem com que muitos tenham de lidar com prazos curtos e pilhas de tarefas a cumprir.
Quando a vida universitária chega a esse ponto, a melhor saída é eleger prioridades e encontrar tempo para planejar o que fazer.
O pânico é um sentimento comum quando o aluno se dá conta de tudo que ainda não fez, mas a professora Inge Suhr, coordenadora pedagógica do Centro Universitário.
Uninter, recomenda como primeiro passo baixar a ansiedade e colocar todas as atividades pendentes em uma planilha.
“Defina o que você fará primeiro, o que virá na sequência e aquilo que pode ficar para depois”, diz.
Colocar no papel ajuda a visualizar o tamanho da demanda e permite ao estudante estabelecer quando e quanto tempo usará para cumprir os compromissos.
“O estudante vai ver como é bom riscar cada uma das tarefas realizadas.
Isso dá sensação de missão cumprida”, diz. Para Inge, a pressa, sem definir o que é mais importante, normalmente traz mais danos para a rotina acadêmica.
Sacrifício Um método mais extremo, usado por muitos estudantes, é sacrificar uma ou mais noites de sono. “Eu fico sem dormir para fazer os trabalhos, estudo até tarde”, diz a jovem Camila Pereira, do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Uberlândia, via Fan Page do Vida na Universidade no Facebook.
Outro sacrifício para quem quer se sair bem nas tarefas é não ceder ao vício da internet.
“Não abra o computador e nem mexa no celular, pois será uma grande tentação a de não retornar aos estudos”, alerta a coordenadora pedagógica no Colégio Decisivo, Debora Loepper Borges.
O tempo que se gasta na checagem de e-mails e mensagens em redes sociais nunca leva “só um minutinho”.
Débora enfatiza também que, em situações extremas, é preciso analisar todas as atividades da vida cotidiana, não só as que têm relação com os estudos, e abrir mão de algumas delas para que possam liberar tempo ao que é essencial naquele momento.

ENTRE NA LINHA

-> Confira algumas dicas para evitar o sufoco na universidade: Crie o hábito de usar agenda ou qualquer tipo de anotação para lembrar o que precisa ser feito. Ter em mente e acesso ao que precisa ser feito é a base do planejamento.
Estabeleça pelo menos uma hora de estudo diário, mesmo quando não houver tarefas para entregar.
Mantenha uma alimentação adequada e faça atividades físicas regularmente para que seu organismo esteja preparado para eventuais sacrifícios, como dormir menos.
-> E você? O que você faz para se livrar daquela montanha de tarefas?
Fonte: Jornal de Londrina - Londrina/PR.
CALENDÁRIOS | REGULAMENTOS | ATIV. COMPLEMENTARES | MONOGRAFIA | INICI. CIENTÍFICA | EXTENSÃO | NPJ | PSICOPEDAGOGIA IR AO TOPO

FDSM NAS REDES SOCIAIS


Blog da FDSM
Facebook da FDSM
YouTube da FDSM
Instagram da FDSM
Twitter da FDSM
Linkedin da FDSM